Select Menu
» » » » » » » Astrônomos descobrem um raro planeta chamado Kepler-432B
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Ilustração da órbita de Kepler-432B (interior, vermelho) em comparação com a órbita de Mercúrio em torno do Sol (exterior, laranja). O ponto vermelho no meio indica a posição da estrela em torno da qual o planeta está orbitando. O tamanho da estrela é mostrado à escala, enquanto o tamanho do planeta tem sido ampliado dez vezes para fins de ilustração. A órbita do Kepler-432b é altamente alongada. Como consequência, a distância entre o planeta e a estrela, bem como a temperatura do planeta mudam drasticamente durante uma única órbita. Fonte: Graphic Dr. Sabine Reffert

Dois grupos de astrônomos pesquisadores de Heidelberg descobriram um raro planeta. O corpo celeste, chamado Kepler-432B é um dos planetas mais densos e maciços conhecidos até o momento. As equipes, uma liderada por Mauricio Ortiz, do Centro de Astronomia da Universidade de Heidelberg (ZAH) e a outro por Simona Ciceri, do Instituto Max Planck para Astronomia (MPIA) em Heidelberg, relatam que o planeta tem seis vezes a massa de Júpiter, mas é do mesmo tamanho.

A forma e o tamanho de sua órbita também são incomuns para um planeta como Kepler-432b que gira em torno de uma estrela gigante. É provável que em menos de 200 milhões de anos, esta "gigante vermelha" irá devorar o planeta. Os resultados desta pesquisa foram publicados na Astronomy & Astrophysics.

"A maioria dos planetas conhecidos que se deslocam em torno de estrelas gigantes têm órbitas grandes e circulares. Com sua órbita pequena e altamente alongada, Kepler-432b é um verdadeiro 'maverick' entre planetas deste tipo " disse o Dr. Davide Gandolfi do Observatório de estado Königstuhl, que faz parte do centro de astronomia. Dr. Gandolfi é um membro do grupo de pesquisa que descobriu o planeta. Ele explica que a estrela em torno do qual está orbitando o planeta Kepler-432b já esgotou o combustível nuclear em seu núcleo e aos poucos está se expandindo. Seu raio já é quatro vezes maior do que o nosso Sol e vai ficar ainda maior no futuro. Como a estrela é de cor avermelhada, os astrônomos chamam de "gigante vermelha".

A incrível órbita do Kepler-432b o deixa muito próximo de sua estrela-mãe em alguns momentos e muito mais longe em outros, gerando enormes diferenças de temperatura ao longo do ano do planeta, o que corresponde a 52 dias terrestres. "Durante a temporada de inverno, a temperatura em Kepler-432b é aproximadamente 500 graus Celsius. Na temporada de verão curto, pode aumentar para cerca de 1.000 graus Celsius" afirma o astrônomo Dr. Sabine Reffert do Observatório de estado Königstuhl.

Anteriormente, Kepler-432b foi identificado como um candidato em trânsito pela missão Kepler da NASA. Do ponto de vista da terra, um planeta em trânsito passa na frente de sua estrela mãe, periodicamente, escurecendo a luz estelar recebida.

"Os dias de Kepler-432b estão contados", acrescenta Mauricio Ortiz, um estudante de PhD na Universidade de Heidelberg, que liderou um dos dois estudos sobre o planeta. Em menos de 200 milhões de anos, o Kepler-432b será engolido por sua estrela hospedeira que atualmente encontra-se em uma contínua expansão.

Esta pode ser a razão pela qual nós não encontramos outros planetas como Kepler-432b - astronomicamente falando, suas vidas são extremamente curtas".


Fonte(s) Science Daily

......................

Autor Michael Nascimento

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter