Select Menu
» » » Cinquenta? De acordo com cientistas, humanos só conseguem distinguir 30 tons de cinza.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

 a barra do meio é do mesmo tom (Foto: wikimedia commons)
Ilusão de ótica: a barra do meio possui apenas um tom de cinza.
Segundo o Popular Science, os seres humanos dinstinguir ver apenas 30 tons de cinza e não 50, como vê-se no título do Best Seller que estreou este mês no Brasil.

Claro, isso é uma estimativa aproximada. Dependendo das condições de iluminação, textura da superfície, e cor do fundo, as pessoas podem ser capazes de distinguir um pouco mais ou menos algumas máscaras. Note que a imagem no topo é uma ilusão de ótica, em que a barra é realmente de um tom de cinza. O fundo graduado faz com que a barra pareça ter tons diferentes ao longo do seu eixo horizontal.

Outro exemplo - na ilusão abaixo, o quadrado A é da mesma cor que o quadrado B:

Segundo a 

  (Foto: wikimedia commons)

Mas a visão de cores humana é muito mais rica. Somos capazes de detectar aproximadamente 10 milhões de cores originais. E alguns podem ver ainda mais do que isso.

50 tons de cinza? Pouco provável

......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter