Select Menu
» » » Chuva de meteoros Delta Aquaridas 2015 - Dias 28 e 29 de julho
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

A chuva de meteoros Delta Aquaridas é uma das muitas que embelezam nossos céus todos os anos.

A Delta-Aquáridas é uma chuva com duplo radiante: o boreal e o austral. O pico de é entre os dias 28 e 29 de julho e manifesta-se o austral, o mais ativo dos dois, apresentando taxas que variam de 13 a 30 meteoros por hora, amarelos ou amarelo-azulados, com traços longos e não muito brilhantes e mostram velocidades moderadas. 


A chuva de meteoros Delta Aquarídas tem seu radiante também na constelação de Aquário. Durante sua passagem pela Terra, poderão ser observados até 10 meteoros por hora. Os delta-aquarídeos austrais estão associados ao cometa 2P/Encke, cujo período orbital é da ordem de 3,3 anos. Outros dados indicam que a origem é o cometa cometa 96P/Machholz, descoberto em 1986.No final de julho, o radiante começa a ser visto a partir das 21h 30min, a leste e pode ser observado até o amanhecer, quando se encontra a oeste. Por volta da 1h, está na região alta do céu, ao norte do zênite, para os habitantes do sul do Brasil. Espera-se um aumento na taxa de meteoros no período entre 2 e 5 horas, na data do máximo. Na imagem abaixo, podemos ver a localização da constelação de Aquário, logo ao Leste:

O melhor horário para a visualização do fenômeno será em torno de meia noite. Estima-se que os meteoros tenham uma frequência de 15 a 20 por hora e devam viajar a uma velocidade de 41 quilômetros por segundo.

Vale sempre lembrar que as chuvas de meteoros não representam riscos para a Terra e acontecem em praticamente todos os meses, algumas com mais intensidade e ampla visibilidade.

Bons céus a todos.

......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter