Select Menu
» » » » » Por que a lua eclipsada de domingo ficará vermelha?
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga



Durante um eclipse lunar total, como o desde domingo, dia 27, você vai ver a sombra da Terra rastejando no rosto da lua. A sombra começará escura, como uma mordida em um biscoito, até que ela cubra totalmente a lua. Então, durante esse tempo de tirar o fôlego da totalidade, a sombra no rosto da lua, muitas vezes muda de repente. Em vez de escuro, ele parece vermelho. Mas Por quê?

A razão deriva do ar que respiramos. Durante um eclipse lunar total, a Terra fica diretamente entre o Sol e a Lua, fazendo com que a Terra lança sua sombra sobre a Lua. Se a Terra não tivesse uma atmosfera, então, quando a lua estivesse totalmente dentro da sombra da Terra, a lua pareceria negra, talvez até mesmo invisível.

Graças a atmosfera da Terra, o que realmente acontece é muito mais sutil e bonito.

A atmosfera da Terra estende-se cerca de 50 milhas (80 quilômetros) acima da superfície do planeta. Durante um eclipse lunar total, quando a lua está submersa na sombra da Terra, há um anel circular em torno da Terra - o anel da nossa atmosfera - por meio do qual os raios do Sol passam.

A imagem à esquerda é uma foto-montagem. Ele combina a famosa imagem de mármore azul tomadas pelos astronautas da Apollo 17 com uma imagem de um eclipse solar. O compósito simula a razão de um eclipse lunar parecer vermelho - porque, durante um eclipse lunar visto da Terra, uma pessoa na Lua veria um eclipse solar, com luz solar que flui ao redor da Terra, através da nossa atmosfera. À direita, uma lua totalmente eclipsada assume a cor avermelhada da luz solar filtrada e refratada através da atmosfera da Terra. Imagem à direita via Jim Fakatselis. Imagem composta via AstroBob

A luz solar é composta por uma gama de frequências. A medida que a luz solar passa através de nossa atmosfera, o verde a porção violeta do espectro de luz são, essencialmente, filtrados. Este mesmo efeito, por sinal, é o que faz o nosso céu ficar azul durante o dia. Entretanto, a porção do espectro avermelhado é menos afetado.

Além do mais, quando esta luz avermelhada entrou pela primeira vez a atmosfera, ele estava inclinada (refratada) em direção a superfície da Terra. É novamente dobrada quando ele sai do outro lado da terra. Esta dupla curvatura envia a luz avermelhada na lua durante um eclipse lunar total.

A origem do Termo "Lua de Sangue"

Erroneamente ou tradicionalmente, muitas pessoas ao longo dos tempos apelidaram o fenômeno do eclipse lunar total de "Lua de Sangue", devido claro, a sua coloração vermelha porém, mais especificamente, a origem da terminologia remete à uma passagem da bíblia Judaico Cristã, que diz: 

"O Sol se converterá em trevas, e a Lua em sangue, antes que venha o grande e temível dia do Senhor". Joel 2:31
Percebe-se então que, desde a antiguidade, as pessoas costumam associar um evento astronômico com mau presságios e acontecimentos ruins e macabros do seu dia a dia. O fato é que, de abril de 2014 e abril 2015 eclipses lunares totais coincidem com a festa da Páscoa. De outubro de 2014 e setembro 2015 eclipses lunares totais coincidem com a festa dos Tabernáculos.

O calendário judaico é um calendário lunar. Em todo o ano, é inevitável que uma lua cheia deve cair sobre ou perto das festas de Páscoa (15 de Nissan) e Tabernáculos (15 Tishri). Nissan e Tishrei é o primeiro e o sétimo mês do calendário judaico, respectivamente.

Estamos, portanto, no último eclipse de uma Tétrade de Eclipses Lunares Totais seguidos:

2014 : 

eclipse lunar total: 14-15 abril
eclipse lunar total: 08 de outubro

2015 : 

eclipse lunar total: 04 de abril

Aí é onde entra os verdadeiros culpados da disseminação do termo: dois pastores cristãos, Mark Blitz e John Hagee, que usaram o termo Lua de Sangue para explicar às luas cheias do tétrade, como uma profecia bíblica: 

Este o livro que criou o termo Lua de sangue, lançado em 2013 pelo pastor John Hagee
"Luas de Sangue- Algo está para mudar"

Dessa forma, desde o lançamento do livro e com o alavancamento da internet, pessoas do mundo inteiro falam sobre "Lua de Sangue" ao invés de "Eclipse Lunar Total" deixando uma atmosfera de misticidade no ar, o que faz com que as pessoas possivelmente não se interessem pelo verdadeiro conteúdo científico e astronômico por trás do fenômeno e até mesmo falarem em "fim dos tempos" ou outra coisa do tipo. 

Quão vermelha a lua irá ficar?

Dependendo das condições da nossa atmosfera no momento do eclipse (poeira, umidade, temperatura e assim por diante, pode-se fazer a diferença), a luz sobrevivente irá iluminar a Lua com uma cor que varia entre a vermelho escuro e cobre.

Em Dezembro de 1992, não muito depois da erupção do Monte Pinatubo, nas Filipinas, havia tanta poeira na atmosfera da Terra que fez com que a Lua totalmente eclipsada mal pudesse ser vista.

Mas, nós podemos saber com antecedência quão vermelha a lua vai parecer durante um eclipse lunar total? Não precisamente. Antes de um eclipse ocorrer, muitas vezes você vai ouvir as pessoas especulando sobre isso. Essa incerteza é parte da diversão de eclipses, por isso, divirta-se! E preste atenção na Lua vermelha durante um eclipse lunar, sua beleza é espetacular. 




Um eclipse lunar ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua estão alinham-se no espaço. A Lua passa pela sombra da Terra. (Wikimedia Commons)

Foto do topo: A lua pode parecer vermelha durante um eclipse lunar total por causa da luz solar que é filtrada e refratada pela atmosfera da Terra.

Mais informações sobre o Eclipse Lunar Total de 27 de setembro de 2015 aqui

......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter