Select Menu
» » » » » Chuva de meteoros Perseidas 2016 será a melhor em 20 anos - Assista ao vivo
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Você pode esperar para ver até 150 'estrelas cadentes' por hora durante o pico da melhor chuva de meteoros nas noites de 11 e 12 de agosto de 2016.

Se você perguntar a maioria dos astrônomos amadores qual sua chuva de meteoros favorita, as chances que "Perseidas" será a primeira palavra que sair de suas bocas serão gigantescas. Esta chuva anual de meteoros aparentemente tem de tudo: Ela oferece uma consistente alta taxa de meteoros ano após ano; ela produz uma percentagem mais elevada de meteoros mais brilhantes do que a maioria das outros chuvas; ela ocorre em agosto, quando muitas pessoas estão de férias; e isso acontece num momento em que o bom tempo e as temperaturas noturnas são razoáveis ​(isso para o hemisfério Sul). Nenhuma outra grande chuva  possui todos esses quatro atributos.

Em um ano típico, os observadores sob um céu escuro claro podem esperar para ver até 100 meteoros por hora. Os astrônomos acreditam que este ano teremos um show de meteoros ainda maior. As Perseidas começam quando minúsculas partículas de poeira que atingem a atmosfera da Terra a 37 milhas por segundo, vaporizam através do atrito com o ar e deixam para trás os raios de luz que chamamos de meteoros. Estas partículas de poeira nasceram em um cometa periódico conhecido como 109P/Swift-Tuttle, que retornou ao interior do sistema solar, em 1992. Mas o planeta gigante Júpiter recentemente cutucou o fluxo de detritos do Swift-Tuttle para mais perto da órbita da Terra. Se as previsões se concretizarem, poderemos ver até 150 meteoros por hora nas noites de 11 de 12 de agosto.

As melhores chances de ver os meteoros virão na madrugada de sexta-feira dia 12, após a Lua crescente por volta das 04:00 (horário de  Brasília). O espetáculo vai continuar a melhorar na madrugada quando o radiante subir mais alto no céu (o local na fronteira entre as constelações de Perseus e Cassiopeia).

Ressalte-se que, para obter melhores resultados, observações devem ser feitas longe de grandes cidades onde a fumaça, neblina - e luzes brilhantes, especialmente. Os moradores da cidade serão capazes de ver Perseidas, mas a uma taxa muito reduzida. Quanto mais escuro o céu, e quanto menos obstruções (tais como edifícios próximos ou árvores altas), mais meteoros você conseguirá ver.

Localização da radiante da chuva de meteoros (em amarelo). A radiante é o local que os meteoros parecem surgir no céu, nesse caso, da constelação de Perseu.

Lembrando também que, quanto mais ao Sul você morar, especialmente no Brasil, menos será visível a constelação de Perseu, portanto, os moradores do Norte-Nordeste terão mais chances de verem meteoros. 

Portanto, fique atento! Estaremos informando na página e no site até o dia 12. Enquanto isso, marque no seu calendário e lembre-se: encontre sempre um local afastado da cidade, procure um local confortável longe de luzes de celulares e use apenas seu olho na direção da constelação de Perseu. Bons céus à todos!

ASSISTA AO VIVO:

Transmissão da NASA  (dia 11 e 12, a partir das 23:00h, horário de Brasília)




 Transmissão do Slooh Observatory (dias 11 e 12, a partir das 21:00h, horário de Brasília):


Traduzido e adaptado de Astronomy Magazine
Saiba mais sobre as Perseidas 2016


......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter