Select Menu

_______________
» » » » » Curiosidade de criança: o que começou o big bang?
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

"O que começou o Big Bang?" - Pippi, 8 anos, Canberra.


"Esta é uma das duas perguntas que muitas crianças me fazem (a outra é: existem aliens?)", disse Steven Tingay, Professor de Radio Astronomia da Universidade Curtin. "Ambas são ótimas perguntas! Pippi, a resposta curta é que não sabemos o que começou o Big Bang. Este é um grande mistério."

O Big Bang é uma ideia sobre a história do Universo, a história do espaço e do tempo e da matéria ("coisas") e energia. O Universo tem cerca de 13,8 bilhões de anos e a partir de observações que fazemos usando telescópios, podemos dizer que o Universo era muito pequeno 13,8 bilhões de anos atrás.

Observações também sugerem que na primeira fração de segundo, o Universo parecia se expandir muito rapidamente, mas, em seguida, desacelerou. Depois de algumas centenas de milhares anos, o tipo mais simples de átomo foi formado: o hidrogênio. O hidrogênio começou a formar estrelas e galáxias.

Depois de milhares de milhões de anos, a Terra (e nós) fomos formados a partir dos átomos feitos dentro das estrelas - cada átomo em seu corpo, com exceção do hidrogênio, foi feito por uma estrela em algum momento nos últimos 13,8 bilhões de anos. Em todo esse tempo, o Universo continuou a se expandir. De fato, as observações agora dizem-nos que a expansão do universo está ficando mais rápida.

A ideia do Big Bang concorda com todas estas observações. Assim, os cientistas acham que o Big Bang é uma ideia que faz um bom trabalho de descrever a história do Universo.



Assista o vídeo, ativando as legendas em português.


No entanto, a ideia não é perfeita. Não sabemos por que o Universo se expandiu tão rapidamente no primeiro segundo e depois abrandou-se. Não sabemos por que a expansão do universo está acelerando agora. Nós não sabemos por que temos um certo número de forças que controlam o Universo. E nós não sabemos o que começou o Big Bang!

Telescópios muito grandes, como a matriz Murchison Widefield podem fazer observações que nos ajudariam a entender como o Universo evoluiu.

Levou centenas de anos para construir a ideia do Big Bang, e pode levar um longo tempo para melhorá-la ou encontrar uma ideia melhor. Os cientistas têm muitas idéias sobre como o Big Bang começou. Mas essas idéias devem concordar com as nossas observações do Universo.

O futuro é muito emocionante para qualquer um que quer ajudar a descobrir isso. A tecnologia avançada que temos nos possibilita construir máquinas que esmagam partículas (minúsculos pedacinhos de coisas ainda menores do que um átomo) em conjunto para mostrar o que aconteceu logo após o Big Bang. Podemos agora construir novos e poderosos telescópios para observar as estrelas e galáxias no Universo em muitos detalhes. Vamos usar estas máquinas e telescópios para ver quais ideias sobre o Big Bang estão corretas e quais estão erradas.

"Às vezes, novas ideias levam muitos anos para serem trabalhadas. Às vezes, novas idéias surgem na cabeça das pessoas muito rapidamente. É muito emocionante ter uma nova ideia sobre o Universo. Vamos precisar de muitas pessoas que são boas em quebra-cabeças para nos ajudar", disse Steven.

Este é um artigo do Curious Kids, uma série científica do The Conversation, voltada para crianças, traduzido e adaptado originalmente do site Space.

. . . ......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter