Select Menu
» » » Terraplanistas realizaram a primeira Conferência Internacional - e ela foi tão bizarra quanto você imagina
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Conferência ocorrida no início deste mês debateu "as mentiras da NASA" e "a farsa da Terra esférica".






Sim. É isso mesmo que você está lendo. Mesmo depois de 2000 anos de progresso científico, as pessoas estão mesmo levando a sério a ideia terraplanista. Centenas de teóricos da conspiração se reuniram para uma conferência da 'Terra Plana' na Carolina do Norte.

A primeira Conferência Anual Internacional da Terra Plana foi anunciada como um encontro social para aqueles que acreditam que o nosso planeta tem a forma de um disco plano em vez de uma esfera.

A conferência, que cobrava até 249 dólares por bilhete, recebeu mais de 400 pessoas de todo o mundo.

Temas do evento, muitos das quais foram popularizados por canais de conspiração do YouTube, incluindo 'a NASA e outras mentiras espaço'.

Anfitriões e participantes afirmaram que seus experimentos e a lógica comprovam que comunidade científica internacional está errada sobre a forma da Terra.

O evento foi realizado em um centro da Raleigh, Carolina do Norte,  entre 09-10 de novembro.

No website da conferência, lê-se: 'Junte-se a nós neste mês de novembro para aprender por que nós discordamos da teoria heliocêntrica da cosmologia.

"Na Conferência Internacional da Terra Plana 2018, vamos descobrir e desmascarar 'fatos' pseudo-científicos ao apresentar a verdadeira evidência que chocantemente aponta para a nossa existência em uma superfície plana, estacionária.

Mark Sargent, que tem mais de 40.000 assinantes em seu canal no YouTube, disse em uma sessão de perguntas e respostas no evento: 'A ciência é que vai resolver isso, pura e simplesmente. Eles não podem nos iludir para sempre.'

Apesar do título da conferência, o evento não apenas discutiu a "hipótese" (ou posso chamar de ideia sem fundamento?) da Terra Plana, com sessões ao longo de dois dias, cobrindo uma gama de teorias de conspiração.

O suposto 'pouso falso na Lua' foi examinado juntamente com 'tratados internacionais' que 'encobrem a verdadeira natureza da Antártida' - que alguns acreditam ser a borda da Terra (sic).

A Hipótese da Terra Plana

Aqueles que acreditavam que a Hipótese da Terra Plana afirmam que o nosso planeta tem a forma de um disco plano em vez de uma esfera.  

Como a superfície da Terra parece ser plana quando andamos ou a observamos, os teóricos da conspiração denunciam todas as evidências que mostram o contrário.

A principal teoria sugere que Terra é um disco com o círculo polar no centro e uma parede de gelo de 45 metros de altura em torno do disco, o que seria, segundo os terraplanistas, a Antártica.

Os teóricos afirmam que as imagens de satélite e as evidências apontando para uma Terra esférica fazem parte de uma "conspiração da Terra redonda" orquestrada pela Nasa e outras agências governamentais.

Seguidores da ideia bizarra também afirmam que a Terra é estacionária no espaço, uma vez que o Sol (que eles chamam de lumiar e que, segundo eles, está bem mais próximo do que se pensa), circula a Terra. 

Mas a comunidade científica internacional tem denunciado constantemente a hipótese bizarra, apresentando décadas de imagens do espaço e pesquisa astronômica para apoiar as afirmações dos terraplanistas.

A ideia da Terra plana foi refutada há mais de 2000 anos. Hoje, qualquer pessoa com conhecimento em física, matemática ou lógica, pode provar que a Terra não é plana. Por exemplo, ao observar a maneira com que navios se afastam ao longe, no mar (a parte inferior do navio vai desparecer primeiro, como se ele "afundasse" no horizonte) ou observando o formato da sombra da Terra durante um eclipse lunar.

. . . ......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter