Astrofísicos rebatem teoria da "nave alienígena" de Harvard - Mistérios do Universo

Breaking

7 de novembro de 2018

Astrofísicos rebatem teoria da "nave alienígena" de Harvard

.....
.....
Um artigo científico liderado por dois pesquisadores da Universidade de Harvard recente alegou que uma rocha em forma de charuto que zumbia através do nosso sistema solar pode ter sido enviada por alienígenas.


Os pesquisadores notaram em uma pré-impressão do artigo que era um "cenário exótico", mas que "Oumuamua pode ser uma sonda totalmente operacional enviada intencionalmente à vizinhança terrestre por uma civilização alienígena".

Oumuamua, o primeiro objeto interestelar conhecido por entrar no nosso sistema solar, acelerou mais rápido do que o esperado, daí a noção de que algum tipo de vela artificial que corre à luz do sol - conhecida como vela leve - pode ter ajudado a empurrá-lo pelo espaço.

"Atualmente há um fenômeno inexplicável, a aceleração excessiva de Oumuamua, que mostramos pode ser explicada pela força da pressão de radiação do sol", disse o co-autor e astrofísico de Harvard, Shmuel Bialy, à AFP via e-mail.
"No entanto, isso requer que o corpo tenha uma superfície muito grande e seja muito fino, o que não é encontrado na natureza."

Sua sugestão de uma força alienígena no trabalho foi viral.

Mas outros especialistas em astronomia não estão acreditando nisso.

"Como a maioria dos cientistas, eu adoraria que houvesse evidências convincentes de vida alienígena, mas não é isso", disse Alan Fitzsimmons, astrofísico da Universidade de Queens, em Belfast.

"Já foi demonstrado que suas características observadas são consistentes com um corpo cometa ejetado de outro sistema estelar", disse ele à AFP.

"E alguns dos argumentos neste estudo são baseados em números com grandes incertezas".

Uma foto divulgada pela Agência Espacial Europeia em 27 de junho de 2018 mostra a impressão de um artista de Oumuamua

'Impossível adivinhar'

Katie Mack, uma astrofísica bem conhecida no estado da Carolina do Norte, também se opôs ao hype alienígena.

"A coisa que você precisa entender é: os cientistas estão perfeitamente felizes em publicar uma ideia estranha se ela tiver a menor chance de não estar errada", escreveu ela no Twitter.

"Mas até que todas as outras possibilidades tenham se esgotado dezenas de vezes, até mesmo os autores provavelmente não acreditam."

Perguntado se ele acreditava na hipótese que ele apresentou, Bialy disse à AFP:

"Eu não diria que 'acredito' que é enviado por alienígenas, como sou um cientista, e não um crente, eu confio em evidências para apresentar possíveis explicações físicas para fenômenos observados."

O outro coautor, Avi Loeb, presidente do departamento de astronomia de Harvard, disse à NBC News que a humanidade pode nunca saber mais sobre o misterioso objeto, já que viajou para longe e não está voltando.

"É impossível adivinhar o objetivo por trás de Oumuamua sem mais dados", disse Loeb.

Seu artigo foi aceito para publicação no Astrophysical Journal Letters e será exibido em 12 de novembro.

Oumuamua, nome havaiano para "mensageiro" ou "escoteiro", foi visto pela primeira vez por telescópios em outubro de 2017.

A rocha alienígena tem cerca de 400 metros de comprimento e apenas 130 pés de largura.

Artigo original: Phys
............

Nenhum comentário: