Conheça a Dra. Katie Bouman: a jovem cientista de 29 anos por trás da primeira imagem de um buraco negro - Mistérios do Universo

Breaking

13 de abril de 2019

Conheça a Dra. Katie Bouman: a jovem cientista de 29 anos por trás da primeira imagem de um buraco negro

.....
.....
O mundo ficou hipnotizado esta semana pela primeira imagem de um buraco negro, capturada por uma rede de oito telescópios interligados conhecida como Colaboração do Telescópio do Horizonte de Eventos (Event Horizon Telescope - EHT).

Mas desde então, a atenção voltou-se para uma segunda imagem: a da mulher de 29 anos que tornou tudo isso possível.

A cientista da computação, Dra. Katie Bouman, recebeu o crédito por liderar a criação de um algoritmo que fez a imagem do halo de poeira e gás situado a 53 milhões de anos-luz da Terra.

Uma foto de Bouman se preparando para o lançamento inovador foi amplamente compartilhada nas mídias sociais.

Em um post em sua conta no Facebook, o jovem cientista escreveu: “Observando, incrédula, como a primeira imagem que eu já fiz de um buraco negro estava em processo de reconstrução.”

Bouman começou a trabalhar no programa de computador há três anos, enquanto era estudante de pós-graduação em ciência da computação e inteligência artificial no Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Enquanto esteve lá, ela foi responsável pela liderança do projeto, com a assistência do Laboratório de Inteligência Artificial e Ciência da Computação do MIT, do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian e do Observatório MIT Haystack.

O algoritmo foi então usado para renderizar dados capturados pelo EHT para renderizar os milhões de gigabytes de dados coletados durante sua missão de uma década para fotografar o buraco negro.
Uma das imagens que viralizou na internet mostra a Dra Bouman junto à uma pilha de HD's que foram utilizados para guardar os dados da imagem do buraco negro da galáxia M 83.

“Quando a vimos pela primeira vez, estávamos todos descrentes. Foi espetacular ”, disse Bouman à BBC Radio 5.

Após a divulgação da imagem, Bouman recebeu aplausos internacionais por seus anos de trabalho - incluindo celebridades e políticos.

Bouman, que agora é professora assistente de computação e ciências matemáticas no Instituto de Tecnologia da Califórnia, fez questão de destacar a contribuição compartilhada de seus colegas.
“Nenhum de nós poderia fazer isso sozinho”, disse ela à CNN
.

Os esforços para capturar a imagem envolveram uma equipe de mais de 200 cientistas em locais em todo o mundo. A contribuição de Bouman foi um dos vários algoritmos usados ​​para unir as imagens capturadas pela rede de telescópios.


No entanto, seu método de processar os dados - que envolvia múltiplos algoritmos com “suposições diferentes embutidas neles” - foi considerado instrumental.

”(Bouman) foi uma parte importante de uma das subequipes de imagem”, disse Vincent Fish, pesquisador do Observatório Haystack do MIT.

Sua contribuição também foi saudada pelo MIT e pelo Smithsonian nas mídias sociais.

“Há 3 anos, Katie Bouman, estudante do MIT, liderou a criação de um novo algoritmo para produzir a primeira imagem de um buraco negro”, escreveu o Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial do MIT.

Bouman também foi comparada a outra mulher programadora, a também cientista do MIT, Margareth Hamilton, que escreveu o código do software que colocou o homem na Lua em 1969. A foto de Hamilton ao lado da pilha de códigos escritos à mão também viralizou na internet nos dias de hoje.

Hamilton ao lado do software de navegação que ela e sua equipe no MIT produziram para o projeto Apollo.

Aqui você poderá desfrutar da palestra da Dra. Bouman no TEDx  "How Take a Picture of Black Hole".
............

Nenhum comentário: