Grande conjunção entre Júpiter e Saturno ocorrerá em 21 de dezembro - Mistérios do Universo

Breaking

9 de dezembro de 2020

Grande conjunção entre Júpiter e Saturno ocorrerá em 21 de dezembro

.....
.....
No dia do Solstício de verão, os planetas Júpiter e Saturno ficarão muito próximos (0,1 graus de separação), formando quase uma "segunda estrela" no céu. A última vez que ocorreu uma conjunção do tipo - de forma observável - foi na Idade Média, em 1226. 

Representação artística do céu da Paraíba no dia 21 de dezembro, às 19 horas. Júpiter e Saturno aparecerão no céu como uma "segunda estrela", na direção do pôr do sol. Créditos: Felipe Sérvulo.

Os astrônomos usam a palavra conjunção para descrever encontros de planetas e outros objetos na cúpula do nosso céu. Eles usam o termo grande conjunção para descrever os encontros dos dois maiores mundos de nosso sistema solar, o poderoso Júpiter e o glorioso planeta Saturno. 

A próxima grande conjunção de Júpiter e Saturno será 21 de dezembro de 2020. Essa data é, coincidentemente, a data do solstício de dezembro. Será a primeira conjunção Júpiter-Saturno desde o ano 2000, e a mais próxima conjunção Júpiter-Saturno desde 1623, apenas 14 anos após Galileu Galilei ter construído seu telescópio. No entanto, essa conjunção estava a apenas 13 graus a leste do sol (seguindo de perto o sol no pôr do sol), e é considerada improvável que foi notado por muitos. A mais próxima conjunção Júpiter-Saturno observável antes disso foi há tanto tempo quanto durante a época medieval, em 1226! No seu ponto mais próximo, em dezembro, Júpiter e Saturno estarão separados por apenas 0,1 graus. Isso é apenas 1/5 do diâmetro da lua cheia.




Como observar 

No dia 21 de dezembro, encontre um lugar com horizonte limpo e olhe em direção ao pôr do Sol. Você reconhecerá os dois maiores planetas do Sistema Solar, Júpiter e Saturno facilmente, de agora até o final do ano. Júpiter é mais brilhante do que qualquer estrela. Saturno não é tão brilhante quanto Júpiter, mas é tão brilhante quanto as estrelas mais brilhantes e brilha com uma cor dourada distinta. Além disso, Júpiter está perto de Saturno! Saturno está logo a leste de Júpiter, na cúpula do céu. Ao contrário das estrelas cintilantes, Júpiter e Saturno brilham continuamente e não piscam (não emitem brilho variável). 

Para uma melhor experiência, utilize um telescópio ou um binóculos astronômico.   

A próxima vez que acontecerá uma grande conjunção do tipo será em15 de março de 2080.

Mas não espere até dezembro para começar a assistir a esses mundos. Eles são visíveis hoje à noite e todas as noites - perto um do outro pelo resto de 2020 - uma visão atraente e expansiva para concluir esse ano tão complicado. 

Bons céus! 
............

Nenhum comentário: