Select Menu
» » » » Quem batizou o nosso planeta de "Terra"?
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga


Em primeiro lugar, é importante compreender que quase todas as línguas tem seu próprio nome para o nosso planeta. É chamado de 'terra' em português, 'dünya" em turco e 'aarde' em holandês, só para citar alguns nomes. No entanto, o traço comum em todas as línguas é que elas eram provenientes de um mesmo significado em suas origens, que remete ao latim antigo que significa 'terra' ou 'solo'.
A palavra do Inglês moderno para o nosso planeta "Earth", é dito para voltar pelo menos 1.000 anos. Assim como o idioma Inglês evoluiu de "anglo-saxão" (Inglês-Alemão) com a migração de certas tribos germânicas do continente à Grã-Bretanha no século V dC, a palavra "Earth" veio do anglo-saxão palavra 'erda' e é equivalente germânico 'erde", que também significa terra ou solo. No Inglês Antigo, a palavra tornou-se 'EOR(th) e' ou 'Ertha'. Há especulações de que as origens da palavra pode ser a partir de um 'er' base língua indo-européia que produziu adaptações mais modernas da palavra usadas em línguas hoje.

Nomeando os planetas

A história da astronomia mostra que muitos povos da antiguidade, ao descobrirem os planetas no firmamento, nomearam cada um deles baseados na sua própria etimologia e cultura.

Os Sumérios, povo que habitava a região da Mesopotâmia (atual Iraque) há 5 mil anos, era uma civilização próspera. Sua religião, cultura, agricultura, comércio, arquitetura, transportes, linguagem, escrita e astronomia, eram sistematicamente avançados. Foram os Sumérios que "batizaram" os primeiros planetas descobertos na antiguidade. Eles já haviam identificado cinco "estrelas" que se moviam no céu, enquanto as demais permaneciam paradas, e acreditaram que fossem deuses. De acordo com as características de cada uma, elas ganharam nomes relacionados com as divindades. Séculos depois, os romanos adaptaram os nomes dos planetas de acordo com suas próprias divindades. As cinco estrelas dos sumérios ganharam novos nomes: Enki, a que se movia mais rápido, recebeu o nome de Mercúrio, o veloz mensageiro dos deuses. Vênus, a deusa da beleza, batizou a mais brilhante das estrelas, Inanna. A vermelha Gugalanna, cor do sangue, ganhou o nome de Marte, deus da guerra. Enlil, a maior, foi chamada de Júpiter, nome latino de Zeus, senhor do Olimpo. Ninurta, a mais lenta de todas, cuja movimentação só era percebida pelos mais pacientes, ganhou o nome de Saturno, o deus do tempo. 

Já o nome da Terra,  que na época já tinha os mesmos significados de hoje: solo, chão, território pelo fato de que as primeiras civilizações eram profundamente ligadas à agricultura. Na mitologia greco romana, que adquiriu uma boa parte dos nomes mesopotâmicos dos planetas, a Terra era representada pela deusa Gaia, ligada à fertilidade, porém, no latim, o significado e a etimologia permaneceu a mesma dos Sumérios.

O que é certo, porém, é de todos os nomes de planetas, a Terra é o único em nosso sistema solar que não vem da mitologia greco-romana. Todos os outros planetas foram nomeados com nomes de deuses e deusas gregos e romanos.

Fatos e curiosidades sobre a Terra:


  • Traduções da Bíblia para o Inglês foram uma das primeiras a registrarem do nome da Terra - "Deus chamou a terra seca da Terra, e as águas que se tinham ajuntado ele chamou de mar. E Deus viu que isso era bom. "(Gênesis 1:10)
  • A Terra é o único planeta no Sistema Solar com placas tectônicas. A crosta externa da Terra é dividida em regiões conhecidas como placas tectônicas. Estas estão flutuando na parte superior do interior do magma da Terra e podem mover-se uma contra a outra. Quando duas placas colidem, uma placa pode ir por baixo de outra.
  • A Terra não leva 24 horas para girar sobre seu eixo. Demora 23 horas, 56 minutos e 4 segundos para girar completamente em torno do seu eixo; Se você somar aquele pequeno movimento do Sol que vemos porque a Terra está orbitando em torno dele, assim como a rotação sobre o seu eixo, você tem um total de 24 horas.
  • Todo mundo sabe que a Terra tem uma lua. Mas você sabia que existem 2 asteróides adicionais trancados em uma co-orbita com da Terra? Eles são chamados de 3753 e Cruithne  e 2002 AA29.. O primeiro na verdade não orbita a Terra, mas tem uma órbita sincronizada com o nosso planeta, que faz com que pareça estar seguindo a Terra em órbita, mas ele está realmente seguindo o seu próprio e distinto caminho em torno do Sol. 2002 AA29 viaja em uma órbita de ferradura ao redor da Terra que traz-lo perto do planeta a cada 95 anos.
  • A Terra está gradualmente diminuindo sua velocidade de rotação. Todos os anos, um segundo extra é adicionado para compensar o tempo perdido. Em outras palavras, há milhões de anos, um dia na Terra teria tido apenas 20 horas de duração. Acredita-se que, em outro tempo milhão de anos, um dia na Terra terá 27 horas de duração.

......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter