Select Menu
» » » » » Cientistas descobriram o planeta mais distante de sua estrela já encontrado
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Este 'planeta solitário' orbita sua estrela a uma distância de aproximadamente um trilhão de quilômetros.


Astrônomos descobriram o maior sistema solar conhecido que reúne uma estrela e o que acredita-se ser um livre e flutuante 'planeta solitário' em órbita a cerca de 1 trilhão (1 milhão de milhões) de quilômetros de seu sol.

O planeta, conhecido como 2MASS J2126-8140, e sua estrela, chamada TYC 9486-927-1, foram identificados na última década, mas a distância enorme entre eles significava que ninguém nunca tinha considerado que o par de astros eram do mesmo sistema. 2MASS J2126-8140 é um gigante gasoso de cerca de 12 a 15 vezes a massa de Júpiter, localizado a cerca de 100 anos-luz de distância da Terra.

"Este é o sistema planetário mais vasto encontrado até agora e ambos os membros desta organização foram conhecidos por oito anos, mas ninguém havia feito a ligação entre os objetos antes", disse Niall Deacon, da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido. "O planeta não é tão solitário quanto nós pensávamos em primeiro lugar, mas está certamente em uma relação muito longa distância."

A distância de 2MASS J2126-8140 de sua estrela é de cerca de 7.000 vezes a distância entre a Terra e o Sol e cerca de 140 vezes a distância entre Plutão e o Sol. Isto faz com que seja a mais vasta órbita de qualquer planeta em torno de uma estrela com uma margem significativa (cerca de três vezes a largura da maior par anteriormente descoberto). Você pode ver algumas comparações na imagem abaixo:

lonely2

Essa lacuna enorme -  que equivale a 6.900 Unidades Astronômicas (UA) - significa que seria necessário cerca de 900.000 anos para que o planeta complete uma única órbita em torno de TYC 9486-927-1.

Ao estimar a idade da estrela usando sua assinatura DE lítio, os pesquisadores TYC 9486-927-1 disseram que ela está em algum lugar entre 10 milhões e 45 milhões de anos de idade. Isto significaria que 2MASS J2126-8140 completou no total de menos de 50 órbitas em torno de sua estrela.

Embora seja improvável que 2MASS J2126-8140 abrigue vida, de acordo com os pesquisadores, quaisquer habitantes do planeta provavelmente não teria que se preocupar muito com protetor solar. A distância do planeta até a estrela TYC 9486-927-1 significaria que o sol do planeta seria semelhante apenas uma das outras estrelas brilhantes no céu, ou seja, quaisquer formas de vida no planeta não poderiam imaginar que estariam ligados à estrela (e isso é se eles não estivessem muito ocupados, congelando até a morte).

"Ficamos muito surpresos ao encontrar um objeto de tão baixa massa tão longe de sua estrela-mãe," disse um dos astrônomos, Simon Murphy, da Universidade Nacional da Austrália (ANU).  "É impossível que essa planeta tenha sido formado da mesma forma como nosso sistema solar, de um grande disco de poeira e gás."

Os pesquisadores descobriram que os dois estavam ligados quando compararam o movimento dos dois através do espaço e perceberam que, tanto o planeta quanto a a estrela, estavam se movendo juntos.

"Eles não devem ter vivido suas vidas em um ambiente muito denso", disse Murphy. "Eles são tão sutilmente ligados entre si que qualquer estrela próxima teria interrompido sua órbita completamente."

Os resultados foram publicados no Monthly Notices da Royal Astronomical Society.

......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter