Select Menu
» » » » Novo "Tatooine" recém descoberto é o maior exoplaneta do tipo já encontrado
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Maior exoplaneta descoberto até o momento que orbita dois Sóis.













Impressão artística de dois tipos simultâneos de eclipse - o de trânsito planetário e o estelar -  do planeta Kepler-1647b. Lynette Cook

Com duas estrelas em seu centro, o mais novo exoplaneta Kepler-1647b, tem dois sóis, como Tatooine, a casa fictícia de Luke Skywalker de Star Wars. Este não é o primeiro exoplaneta encontrado a orbitar duas estrelas, mas agora é o maior encontrado até o momento.

Em uma nova publicação encontrada no Astrophysical Journal, Dr. Veslin Kostov, pesquisador da NASA Goddard Space Flight Center, e sua equipe anunciaram a descoberta do maior exoplaneta a orbitar duas estrelas na constelação Cygnus, Kepler-1647b.

Utilizando o telescópio espacial Kepler da NASA, Kostov e sua equipe notaram o planeta através do método de trânsito em 2011. Mais dados e testes foram necessários para confirmar este padrão de trânsito irregular, causadas pelo sistema de estrelas binárias, que, de fato, descobriu-se agora que se trata de um trânsito de exoplaneta.

"Encontrar um Planeta Circumbinário é muito mais difícil do que encontrar planetas em torno de estrelas individuais", disse William Welsh, disse o professor da Universidade Estadual de San Diego (SDSU) e um dos co-autores do estudo, em um comunicado de imprensa. "Os trânsitos não são regularmente espaçados no tempo e eles podem variar em duração e até mesmo profundidade."












A comparação dos tamanhos relativos dos vários Planetas Circumbinários Kepler. Kepler-1647 b é substancialmente maior do que qualquer um dos Planeta Circumbinários anteriormente conhecidos. Lynette Cook

Com a ajuda de astrônomos amadores do Telescópio Extremamente Pequeno Kilodegree (KELT) Follow-Up Network, um telescópio robótico na África do Sul, Kostov e sua equipe foram capazes de estimar a massa do exoplaneta.

Kepler-1647b é significativo devido à sua grande dimensão, bem como a sua órbita grande. A partir de suas observações, a equipe foi capaz de determinar que Kepler-1647b tem em torno da mesma massa e raio de Júpiter e um período orbital de 1.107 dias (um pouco mais de 3 anos). Todos os outros exoplanetas circumbinários que Kepler detectou estão entre o tamanho de Saturno ou menor, com órbitas mais próximas de suas estrelas binárias.

"É um pouco curioso que este maior planeta levou tanto tempo para confirmar, uma vez que é mais fácil de encontrar planetas grandes do que os pequenos", disse outro co-autor do estudo, SDSU astrônomo Jerome Orosz em um comunicado de imprensa. "Demorou tanto tempo para confirmar, pois seu período orbital é muito longo."

Ele tem mais ou menos a mesma idade que a Terra - aproximadamente 4,4 bilhões de anos - e situa-se 3.700 anos-luz de distância. Kepler-1647b Também é interessante na medida em que está em suas estrelas hospedeiras zona habitável - que é muito característico em sistemas estelares binários e seus planetas. Como é semelhante a Júpiter, o planeta não é habitável, mas há uma forte possibilidade de vida se formando em suas luas.

"Habitabilidade de lado, Kepler-1647b é importante porque é a ponta do iceberg de uma população teoricamente prevista de grandes e de longos períodos de Planetas Circumbinários," disse Welsh em um comunicado de imprensa.

Traduzido e adaptado de Astronomy Magazine

......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter