Select Menu
» » » » » » » » A escala do Universo - do micro ao macro
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Embora não seja uma ideia nova, esse aplicativo interativo é bastante espetacular e simples, se tornando ainda mais interessante pelo fato que foi criado por dois garotos gêmeos de 14 anos.


Partindo da escala humana e usando a potências de 10, você poderá adentrar nos confins dos átomos, quarks, cordas e no mundo subatômico até a escala de todo o universo observável. Todos os itens são clicáveis ​​para mais informações úteis para os curiosos do mundo científico e, além disso, a escala vai até 62 ordens de magnitude em potências de 10, tanto para cima quanto para baixo da escala humana. Esses fatores fizeram a animação se tornar viral rapidamente, quando foi lançada em 2012.

Cary Huang, e seu irmão gêmeo, Michael, trabalharam na animação por um ano e meio como um projeto divertido... é isso mesmo, foi um trabalho escolar despertado a partir de um professor da sétima série que mostrou um vídeo da escala de tamanho das células. 

Embora seja uma incrível façanha pessoal para os gêmeos, a animação também é um testamento para as possibilidades criativas e educativas oferecidas pela tecnologia moderna, e todas as implicações que isso significa para pais, educadores e editores. Para ter uma noção de quão legal "A Escala do Universo 2", veja o vídeo do YouTube que mostra a animação:




Você também ode conferir a animação interativa no site dos gêmeos


(É uma animação em Flash, o que significa que não vai funcionar nos seus dispositivos iOS, infelizmente.)


Os gêmeos Huang, Michael (à esquerda) e Cary (à direita),
 na época, alunos da nona série que claramente gostam de
 ciência. (Foto: ABC News)


......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter