Select Menu
» » » » » O eclipse lunar penumbral de 10 de fevereiro de 2017
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Fevereiro é definitivamente o mês dos eclipses para o ano de 2017. Este mês teremos um eclipse lunar penumbral na noite de 10 de fevereiro e um eclipse solar parcial no dia 26 de fevereiro, um domingo de Carnaval. 

Resultado de imagem para eclipse lunar e solar

O eclipse lunar de 10 de fevereiro de 2017 será um eclipse lunar penumbral, o primeiro do ano. Será visível nas Américas (incluindo todo o território brasileiro), Europa, África e na maior parte da Ásia. É o eclipse número 59 da série Saros 114, com magnitude penumbral de 0,9884. 

February 2017's lunar eclipse

Durante o eclipse lunar, nos dias 10 e 11 de fevereiro de 2017, a Lua sai do lado de fora da umbra escura da Terra. Quando estiver observando o fenômeno, procure o sombreamento penumbral profundo na metade norte do disco lunar.

Um eclipse lunar penumbral - diferentemente do eclipse umbral ou total, onde a Lua entra no núcleo muito mais escuro da sombra da Terra, a umbra - ocorre quando a Lua passa apenas pela penumbra, a sombra mais fraca da Terra. Mesmo não sendo tão visível quanto um eclipse total, o eclipse penumbral que irá ocorrer em 10 de fevereiro será o melhor possível, uma vez que a parte norte da Lua vai entrar na umbra (a sombra mais escura), por 160 km. Assim, o sombreamento penumbral será óbvio. Aqueles no leste da América do Norte, e toda a América Central e do Sul, incluindo o Brasil estarão bem posicionados. O Brasil, como visto no mapa abaixo, ocupa  uma posição privilegiada e poderá contemplar todo o fenômeno. Para os Estados Unidos (que estará imerso na sombra em cinza claro) verá o fenômeno com a Lua baixa no horizonte. Para a Europa, África e Ásia Ocidental, o eclipse ocorre com a Lua alta durante as primeiras horas da madrugada de 11 de fevereiro.

Esquema de representação de um eclipse lunar penumbral. A parte em vermelho representa a umbra, a parte em cinza, representa a penumbra. No mapa, na figura abaixo, pode-se ver os locais onde o eclipse será visível. A parte branca representa o local de melhor visualização. A parte em cinza claro verá o eclipse quando a Lua estiver mais baixa no céu, e a parte em cinza escuro não poderá visualizar o fenômeno. 

Horário do eclipse no Brasil

Aqui no Brasil, os horários do início, do fim e do horário de pico do eclipse irão diferenciar dependendo do local onde você mora. 

A tabela abaixo, retirada do site Ver Calendário, mostra os horários do eclipse penumbral para cada capital brasileira. Confira:


Via: ver calendário


O fenômeno do eclipse penumbral é quase imperceptível e muitas pessoas que não estão acostumadas com observação podem estranhar ou até mesmo não perceber a diferença de sombra durante o evento, portanto, os astrônomos amadores e apreciadores dos céus devem ficar atentos e torcer para as condições climáticas na sua região serem favoráveis, além de manter a atenção no satélite. 

Bons céus a todos! 

. . . ......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter