Select Menu
» » » » » » » Maior foguete da SpaceX, o Falcon Heavy, será lançado hoje junto com o veículo Tesla Roadster, rumo à Marte
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga



Hoje (06 de fevereiro) pode ser um grande dia para a exploração espacial e voos privados. Por volta das 16:30h (horário de Brasília), diretamente da plataforma 39A em Cabo Canaveral, Flórida, o maior foguete da empresa Space-X, o Falcon Heavy, está previsto para ser lançado com o objetivo de enviar um veículo (isto mesmo, um veículo), para a órbita de Marte. Será o mais poderoso foguete após o Saturn V, da NASA. 

O poderoso Heavy é um veículo potencialmente transformacional, dizem os especialistas em vôos espaciais, de modo que seu voo inaugural será observado com atenção e ansiedade por vários conjuntos de olhos. 

O fundador e CEO da SpaceX, Elon Musk, anunciou os planos da empresa para desenvolver o Falcon Heavy em 2011. Naquela época, ele previu que o foguete poderia estar voando no início de 2013.

Esse otimismo não parecia razoável na época. Afinal, o veículo pesado de 230 pés de altura (70 metros) é basicamente uma extensão do lançador Falcon 9 do campo de trabalho da SpaceX: liga os dois primeiros estágios da Falcon 9 a um núcleo central, que é um Falcon 9 modificado. 

"No início, parece muito fácil: basta colocar dois primeiros estágios como impulsionadores de cinta. Quão difícil isso pode ser?" Musk disse em uma conferência no verão passado.

A resposta? Muito difícil, na verdade.

"Mas então tudo muda", explicou Musk. "Todas as cargas mudam, a aerodinâmica muda totalmente, você triplicou a vibração e a acústica".

O Tesla Roadster e o "Starman". Ambos irão orbitar Marte nos próximos meses.

Então demorou um pouco para o Falcon Heavy ficar pronto. E o lançador já está pronto para sua estréia - um cruzeiro que vai tentar entregar um Tesla Roadster vermelho em uma órbita altamente elíptica ao redor do Sol. (Como se não bastasse, Musk também é diretor da empresa de automóveis elétricos Tesla). O carro irá ainda contar com um motorista, apelidado de "Starman", e por falar em David Bowie, a trilha sonora da jornada será nada mais nada menos que Space Odity, de Bowie, como não poderia deixar de ser. 

O carro ficará próximo de Marte de vez em quando. Este é um aceno para o objetivo a longo prazo de Musk para ajudar a humanidade a povoar o Planeta Vermelho, assim como a cor do Roadster. (A SpaceX já está desenvolvendo o sucessor do Heavy - uma nave-foguete espacial gigante, chamada Mars BFR). 

Não há garantia de que as coisas irão de acordo com o planejado hoje, é claro; Lançamentos de foguetes novos nem sempre vão tão bem. Na verdade, Musk se esforçou para diminuir as expectativas para a estreia do Heavy


O Falcon Heavy será capaz de superar mais de 70 toneladas (63,5 toneladas métricas) de carga útil para órbita terrestre baixa e quase 29,5 toneladas (26,8 toneladas métricas) para órbita de transferência geoestacionária, de acordo com a ficha de especificações da SpaceX

O Heavy será, portanto, o foguete americano mais poderoso desde o famoso Saturn V, da NASA, que lançou os astronautas para a lua nos dias de Apollo.

Confira a animação de como será a missão da Falcon Heavy, desde o lançamento até o gran finalle, ao som de "Life on Mars" de David Bowie:



Esse imenso poder é parte do motivo de toda a excitação. Outro fator é o preço baixo do Heavy: US $ 90 milhões. Para comparação, o foguete mais poderoso que opera hoje - O Delta IV Heavy, da United Launch Alliance, que pode custar cerca de 32 toneladas (29 toneladas métricas) - custa entre US $ 300 milhões e US $ 500 milhões, disse o diretor executivo do CSF, Tommy Sanford. 

"A diferença no uso de Falcon Heavy versus um Delta IV Heavy - você pode comprar um outro satélite inteiro", com as economias, disse Sanford ao Space.com. 

O SpaceX também desenvolveu o Heavy para ser compatível com missões com tripulação. Na verdade, a empresa anunciou no ano passado que havia assinado um acordo para levar duas pessoas ainda sem nome em uma viagem ao redor da lua antes do final de 2018, usando o Falcon Heavy e a cápsula Dragon da empresa. (A SpaceX também possui um contrato para levar astronautas da NASA para e da Estação Espacial Internacional, mas essas viagens de táxi envolverão o Falcon 9.) 

Assim, o Heavy poderia ajudar a abrir muitas oportunidades de vôos espaciais, desde missões tripuladas à Lua até a exploração robótica de alvos do espaço profundo, como a lua de Saturno com potencial para vida, Enceladus, dizem os especialistas. 

"Esta não é apenas uma nova ferramenta", disse Stallmer. "É uma nova bolsa de ferramentas". 

O Falcon Heavy não é o único grande foguete novo no horizonte. A Blue Origin, a empresa de vôos espaciais administrada pelo fundador da Amazon.com, Jeff Bezos, está desenvolvendo seu próprio foguete pesado, conhecido como New Glenn. Esse lançador poderoso está no bom caminho para começar a voar na década de 2020, segundo os representantes da empresa. 

E a NASA está construindo um mega foguete chamado Space Launch System (SLS). O SLS e sua cápsula Companion Orion ajudarão os astronautas a chegarem a destinos do espaço profundo como Marte, disseram os funcionários da agência. Como New Glenn, o SLS deverá voar pela primeira vez em 2020.

Comparação do tamanho dos maiores foguetes já lançados pela humanidade (e ainda a serem lançados). À direita, o gigante BRF, da SpaceX, previso para ser lançado em 2020.

Se todos os três foguetes em breve, a exploração espacial pode dar um grande salto, disse Hubbard. 

Transmissões ao vivo:

Acompanhe ao vivo através do canal oficial SpaceX e pelo Space Today:



. . . ......................

Autor Felipe Sérvulo

Graduado em Física pela UEPB. Mestrando em Cosmologia, gravitação e física das partículas pela UFCG. Possui experiência na área de divulgação científica com ênfase em astronomia, astrofísica, astrobiologia, cosmologia, biologia evolutiva e história da ciência. Possui experiência na área de docência informática, física, química e matemática, com ênfase em desenvolvimento de websites e design gráfico e experiência na área de artes, com ênfase em pinturas e desenhos realistas. Fundador do Projeto Mistérios do Universo, colaborador, editor, tradutor e colaborador da Sociedade Científica e do Universo Racionalista. Membro da Associação Paraibana de Astronomia. Pai, nerd, geek, colecionador, aficionado pela arte, pela astronomia e pelo Universo. Curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/8938378819014229
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários
0 Comentários

Newsletter